Inicial > Notícias > Vasco quer que Atlético-MG arque com os juros do adiantamento do BMG em negociação de Marrony

Vasco quer que Atlético-MG arque com os juros do adiantamento do BMG em negociação de Marrony


A novela da transferência de Marrony do Vasco para o Atlético-MG ganhou mais um capítulo. Dirigentes dos dois clubes se reuniram para definir e acertar de vez a venda do atacante de 22 anos, na noite da última segunda-feira. Mas um novo posicionamento do Cruz-Maltino em relação aos juros faz o negócio ainda não ser concretizado. O clube de São Januário impôs que o Galo arque com os juros bancários.

Conforme o Esporte News Mundo antecipou no último domingo, ambos os times chegaram a um consenso inicial sobre o valor após a entrada do Banco BMG, parceiro dos dois clubes, na negociação. Ficou acordado uma quantia de cerca de 3,8 milhões de euros (quase R$ 21,3 milhões). O Atlético pagaria parcelado como sempre quis, e o Vasco receberia à vista como sempre quis também, com o BMG intermediando. Inicialmente, o Vasco tinha aceitado receber 3,6 milhões de euros à vista (em torno de R$ 20,2 milhões). Os outros 200 mil euros (cerca de R$ 1,1 milhão) ficariam com o BMG como juros por antecipar o valor que seria pago em duas parcelas pelo Galo – em dezembro deste ano e em junho de 2021, com os mineiros repassando diretamente ao Vasco só a primeira parcela.

A nova postura do Vasco na negociação é não aceitar arcar com os juros, já que passou a entender que os juros devem ser pagos por quem quer parcelar, e não por quem quer vender. O ENM apurou que na reunião, o clube presidido por Alexandre Campello exigiu mais que o negócio será somente fechado dentro das condições do Vasco, recebendo à vista e que caso o Galo queira parcelar, que os próprios mineiros assumam os juros junto ao BMG, o que faria o clube desembolsar, no total, mais de 4 milhões de euros (cerca de R$ 22,5 milhões) pelo jogador.

Esta nova postura na negociação teve influência no pagamento de uma parte dos salários atrasados aos jogadores nesta segunda. Agora, o Vasco entende que pode conseguir melhor condição, negociando por mais alguns dias. A venda de Marrony é tratada como essencial para os cofres do clube, que precisa com urgência quitar pelo menos mais uma folha até quarta-feira, devido a iminente paralisação por parte do elenco em protesto contra os atrasados.

Fonte: Esporte News Mundo

Categorias:Notícias Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: