Inicial > Notícias > Salário acima da realidade vascaína pode dificultar vinda de Dunga

Salário acima da realidade vascaína pode dificultar vinda de Dunga


A lanterna no Campeonato Brasileiro após derrotas nas duas primeiras rodadas da competição aumentou ainda mais a busca do Vasco por um novo treinador. Porém o clube, que demitiu Alberto Valentim mês passado, tem enfrentado empecilhos com os nomes que cogita. No caso do português Jorge Jesus, do uruguaio Diego Aguirre e do brasileiro Dorival Júnior, há, principalmente, a concorrência do exterior. Já Dunga, outro que ganhou força em São Januário, possui vencimentos muito acima do padrão cruzmaltino além de questões pessoais que tornam o negócio longe de ser simples.

A informação inicial do interesse em Dunga foi dada pelo Globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte. Ocorre que os salários do ex-treinador da Seleção Brasileira são altos e, mesmo sem trabalhar à beira do campo desde 2016, se sente confortável, fruto de sua vida estabilizada fora dos gramados no ramo dos negócios. Ele ainda não foi procurado pelo Vasco.

Seguindo a linha de tentar contratar um técnico experiente, o clube sondou Jorge Jesus, ex-Benfica e Sporting, mas, apesar de ter mantido conversas telefônicas com a diretoria vascaína, o português acredita que poderá assumir algum clube de expressão na Europa na abertura do mercado e praticamente encerrou o negócio.

Dorival Júnior foi outro nome do mercado brasileiro sondado, mas ele tem uma espécie de pré-contrato assinado com um time de fora – que ainda não revelado – e só irá abrir negociações caso a transferência não se concretize. Por conta disso, não foi mais contatado.

De metodologia moderna, o uruguaio Diego Aguirre também foi procurado, se sentiu lisonjeado, mas o comandante prefere, por agora, dar um tempo do futebol brasileiro após passagens por Internacional, Atlético-MG e São Paulo nos últimos quatro anos. Existe a possibilidade de que ele assuma uma equipe do Qatar, onde fez sucesso conquistando títulos pelo Al-Rayyan entre 2012 e 2013.

Luxa e Ventura encontram rejeição

Os técnicos Vanderlei Luxemburgo e Jair Ventura tiveram seus nomes ventilados, mas rapidamente encontraram forte rejeição de boa parte da diretoria e torcida, o que os fez ir para o fim da fila. Ambos também estão desempregados.

Valadares é vaiado em seu terceiro jogo

Enquanto isso, o Vasco segue sendo comandado de forma interina pelo técnico do sub-20, Marcos Valadares, que mesmo com apenas três jogos à frente da equipe, já experimentou o indesejado sabor de ser vaiado em São Januário. Isso aconteceu aos 18 minutos do segundo tempo na derrota para o Atlético-MG por 2 a 1, quando foi chamado de “burro” ao substituir Fellipe Bastos por Andrey.

O jovem treinador como interino possui uma vitória (sobre o Santos – insuficiente para classificar o time na Copa do Brasil) e duas derrotas (para Athlético-PR e Atlético-MG)

Fonte: UOL

Categorias:Notícias Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: