Início > Notícias > Empresa francesa fecha acordo para assumir Maracanã; Vasco pode mandar mais jogos no estádio

Empresa francesa fecha acordo para assumir Maracanã; Vasco pode mandar mais jogos no estádio


A Lagardère espera anunciar em breve a compra da concessão do Maracanã. O departamento jurídico da Odebrecht vai enviar documento ao Estado até o fim desta semana informando que escolheu a Lagardère para a venda da concessão. Em seguida, o contrato chega aos franceses, confirmou o departamento de comunicação da Lagardère. A Odebrecht não confirma o acerto e, em nota, diz que “não fará comentários sobre as negociações.”

Nesta quinta-feira, a GL Events e a CSM anunciaram oficialmente que encerraram as negociações com a Odebrecht. Alegaram “não terem sido apresentadas garantias adequadas de segurança jurídica e contratual”. O grupo parceiro do Flamengo informou que em nova licitação estaria disposto a participar do processo de concorrência.

A ação do Tribunal de Contas do Estado que pretende bloquear os valores da venda – estimados em R$ 60 milhões – e recomenda anulação do contrato atual da Odebrecht não intimida a Lagardère. Segunda colocada na licitação original, a multinacional, administradora de 60 estádios pelo mundo, entende que, se comprovada fraude na concorrência anterior à Copa do Mundo, é a lesada no processo. O que não a inviabilizaria no negócio. Existe ainda ação antiga do Ministério Público pedindo anulação da licitação – sem definição na Justiça.

A Lagardère vai assumir o pagamento ao Estado de outorgas atrasadas pela Odebrecht, no valor de R$ 18 milhões – que era uma das barreiras nas empresas GL Events e CSM, que não concordavam com esses valores -, além de apresentar novo plano de gestão do estádio. A empresa vai manter o contrato atual com o Fluminense, que segue nos mesmos padrões do anterior, e conversa com Vasco e Botafogo para realizar partidas no estádio.

A diretoria do Flamengo mantém a posição de não negociar com os franceses. Na Gávea, o clube segue atrás de projetos alternativos para atuar no Rio de Janeiro. A solução imediata é o estádio da Ilha do Governador, alugado por três anos, com opção de renovar por mais três anos. O clube também recebeu oferta de viabilizar terreno para erguer estádio próprio em Niterói.

Fonte: GloboEsporte.com

Anúncios
Categorias:Notícias Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: