Inicial > Campeonato Carioca > Com gol olímpico de Nenê, Vasco vence o Bangu em Moça Bonita:1×3

Com gol olímpico de Nenê, Vasco vence o Bangu em Moça Bonita:1×3


O Vasco conquistou sua primeira vitória no Campeonato Carioca ao bater, por 3 a 1, o Bangu, nesta quinta-feira, em Moça Bonita. Com o resultado, os cruzmaltinos se recuperaram da derrota na estreia e chegaram aos primeiros pontos na Taça Guanabara, chegando à vice-liderança do Grupo C. Já o Bangu segue com apenas um ponto na competição.

A equipe de Cristóvão Borges mostrou mais organização, principalmente no meio, e abriu o placar com Guilherme, no primeiro tempo. O goleiro Jordi, ainda na etapa inicial, defendeu pênalti cobrado por Loco Abreu. Só que na etapa final, o uruguaio chegou ao gol número 400 na carreira e empatou o confronto. Pouco tempo depois, Thalles marcou para o Vasco e, já nos acréscimos, Nenê decretou a vitória com gol olímpico.

Na próxima rodada, o Vasco recebe o Resende, em São Januário, no domingo. O Bangu só entra em campo na segunda-feira, contra o Volta Redonda, na Cidade do Aço.

O JOGO

A partida começou com as duas equipes voltadas ao ataque. O Bangu não se intimidou com o Vasco e buscava os avanços. Só que os cruzmaltinos tiveram a primeira chance de marcar, aos 7. Após cobrança de falta na área, Rodrigo apareceu livre, mas cabeceou para fora. Três minutos depois, foi a vez de Thalles aproveitar passe do meia vascaíno, e cabecear pela linha de fundo.

O Vasco passou a ter o controle do jogo e quase abriu o placar aos 13. Nenê recebeu passe na área e finalizou. A bola desviou em Anderson Penna e foi para fora. Os cruzmaltinos seguiam tentando o gol e tiveram nova chance aos 20. Guilherme aproveitou bate e rebate na área e chutou para grande defesa de Márcio.

O Bangu apenas se defendia, mas na primeira chance de avançar teve a melhor chance de abrir o marcador em Moça Bonita. Em contra-ataque rápido, Luís Peralta foi derrubado pelo goleiro Jordi na área e o árbitro marcou pênalti. No entanto, Loco Abreu cobrou e viu o arqueiro cruzmaltino acertar o canto e fazer a defesa.

O lance animou os cruzmaltinos, que aproveitaram o entusiasmo para marcar, aos 38 minutos. Nenê cruzou pela esquerda e Guilherme ganhou da zaga para cabecear no canto, sem chance para Márcio.

Nos minutos finais, o Vasco diminuiu o ritmo e apenas administrou o resultado até o intervalo. Sem força ofensiva, o Bangu não conseguiu esboçar qualquer pressão.

O time da casa voltou mais organizado no segundo tempo e tinha mais posse de bola. Assim, conseguiram chegar ao empate aos 8 minutos. Após cobrança de de falta na área, Loco Abreu se antecipou a marcação e cabeceou no canto, sem chance para Jordi. Este foi o gol número 400 da carreira do uruguaio.

Somente após o revés, o Vasco começou a buscar o ataque. Os cruzmaltinos logo voltaram a ficar a frente no placar aos 14 minutos. Após cobrança de escanteio, Bruno Gallo cabeceou na trave e a bola sobrou para Thalles. O atacante finalizou de peixinho para o gol. O goleiro Márcio ainda fez a defesa, mas a bola já tinha passado a linha.

O gol animou os vascaínos, que quase chegaram ao terceiro gol aos 17 minutos. Yago Pikachu arriscou de longe e obrigou Márcio a espalmar para longe. Já aos 22, Nenê cobrou falta e quase acertou o ângulo. No entanto, a bola passou sobre o travessão.

Depois disso, a partida caiu de rendimento, principalmente pelo cansaço apresentado pelos jogadores do Vasco. Com isso, o Bangu conseguiu equilibrar o jogo e quase empatou aos 35 minutos. Loco Abreu recebeu na área e tocou para Matheus Pimenta. O atacante chutou cruzado, mas viu Jordi salvar os cruzmaltinos.

Nos minutos finais, os donos da casa tentaram pressionar em buscar do gol, mas o Vasco soube se segurar na defesa. Nos acréscimos, o Vasco garantiu a vitória após gol olímpico de Nenê, para dar números finais a partida.

Guilherme Costa e Thalles

Veja os gols:

https://s.videos.globo.com/p3/amp/index.html?videosids=5622714 

https://s.videos.globo.com/p3/amp/index.html?videosids=5622775 

https://s.videos.globo.com/p3/amp/index.html?videosids=5622780 

https://s.videos.globo.com/p3/amp/index.html?videosids=5622849

Veja o pênalti defendido por Jordi:

https://s.videos.globo.com/p3/amp/index.html?videosids=5622707

FICHA TÉCNICA

BANGU 1 X 3 VASCO

Local: Estádio Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 2 de fevereiro de 2017, quinta-feira
Hora: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: João Batista de Arruda
Assistentes: Jackson Massarra dos Santos e Daniel de Oliveira Pereira
Renda: R$ 84.240,00
Público: 4.194 pagantes
Cartões amarelos: Denilson, Lorran e Damián Eroza (Bangu); Escudero, Alan Cardoso, Evander e Jordi (Vasco)
GOLS
BANGU: Loco Abre, aos 8min do segundo tempo
VASCO: Guilherme, aos 38min do primeiro tempo; Thalles, aos 14min do segundo tempo; Nenê, aos 45min do segundo tempo

BANGU: Márcio, Denilson, Leonardo Luiz, Anderson Penna e Guilherme; Damián Eroza (Marcos Vinícius), Raphael Augusto e Leandro Chaves; Bruno Luiz (Lorran), Loco Abreu e Luis Peralta (Matheus Pimeta)
Técnico: Eduardo Allax

VASCO: Jordi, Yago Pikachu, Luan, Rodrigo e Alan Cardoso (Andrezinho); Julio dos Santos (Bruno Gallo), Evander, Escudero, Guilherme (Ederson) e Nenê; Thalles
Técnico: Cristóvão Borges

Fonte: Gazeta Esportiva (texto, ficha), GloboEsporte.com (foto, vídeos)

Categorias:Campeonato Carioca Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: