Início > Notícias > Vasco estaria interessado em Ricardo Gomes como gerente; Jorginho e Zinho podem seguir em 2017

Vasco estaria interessado em Ricardo Gomes como gerente; Jorginho e Zinho podem seguir em 2017


A vitória sobre o Ceará por 2 a 1, que garantiu o acesso na Série B do Campeonato Brasileiro, foi apenas o primeiro capítulo da preparação do Vasco para o ano de 2017. A próxima semana pode trazer inúmeras mudanças no futebol do clube, devido a pressão sofrida por Eurico Miranda que vem da própria diretoria, da torcida e até de alguns atletas que fazem parte do elenco. Uma das ideias para melhorar o clima é trazer Ricardo Gomes de volta, como técnico ou gerente.

O presidente cruz-maltino está cada vez mais isolado, especialmente por causa do poder dado ao filho, Eurico Brandão, seu assessor especial. Até mesmo no grupo político que o sustenta, e que costuma ser agressivo contra opositores e imprensa nas redes sociais, surgem muitas críticas a administração atual. Vale lembrar que, José Luiz Moreira e Fernando Horta, dois pilares da vitória nas eleições de 2014, se licenciaram do Vasco e estão mais distantes da gestão, o que é apontado como um dos fatores do enfraquecimento da gestão.

Durante a Série B, teria acontecido acerto para Jorginho deixar o comando do time, em decisão que contrariou o próprio Eurico Miranda. Agora, a saída do técnico já não é mais dada como certeza. O lateral do tetra e o auxiliar Zinho poderiam ficar, após reunião marcada para acontecer amanhã, por decisão exclusiva do presidente, conforme informação que circula nos bastidores da Colina.

Outras opções para treinar o time seriam Ricardo Gomes e Cristóvão Borges. O primeiro, no entanto, também seria um nome para assumir como gerente de futebol, ou cargo com nome distinto, mas com mesmas funções, de executivo, função que o mandatário cruz-maltino e seus seguidores sempre ironizaram.

Nesse cenário, Euriquinho perderia força, ao menos na teoria, o que agradaria a dirigentes e apoiadores da atual gestão, que se viram desprestigiados, pois acreditaram que formariam uma espécie de conselho da administração do futebol. A volta do técnico da conquista da Copa do Brasil, em 2011, seja lá em que função, ainda seria como um afago ao torcedor, que ontem mostrou revolta antes, durante e depois do jogo com o Ceará.

Além disso, o elenco deverá passar por mudanças. Jogadores em fim de contrato como Aislan, Julio dos Santos Fellype Gabriel, devem deixar o clube. Com ajuda do empresário de Carlos Leite, a diretoria busca reforços, para formar elenco com veteranos e garotos que foram a base do acesso à Série A. Vale lembrar que é ano de eleição no Vasco, o que pode incentivar algumas contratações mais expressivas – e caras.

O maior problema, contudo, pode conter a insatisfação de algumas peças do atual do elenco. Semanas atrás, uma pessoa ligada a jogador cruz-maltino confidenciou que não vê a hora de ver o atleta fora do clube, devido a administração caótica, a guerra de egos no vestiário. Controlar casos como esse será a missão de quem vier a integrar a nova equipe que irá gerir o futebol do Vasco, caso as mudanças sejam confirmadas nos próximos dias.

Fonte: ESPN.com.br

Anúncios
Categorias:Notícias Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: