Início > Basquete > Basquete: Vasco perde para o Brasília fora de casa pelo NBB: 95 a 72

Basquete: Vasco perde para o Brasília fora de casa pelo NBB: 95 a 72


Há quatro anos sem disputar uma final de NBB, o Brasília deu mostras neste sábado de que pretende brigar firme pelo tetracampeonato nesta temporada. No primeiro duelo contra um dos prováveis concorrentes pelo título, o time candango se impôs dentro de casa e conquistou vitória contundente em cima do Vasco da Gama: 95 a 72. Foi o segundo triunfo em dois jogos da equipe do Distrito Federal, que alcançou o rival Flamengo no topo da tabela.

A torcida cruz-maltina fez sua parte. Compareceu em ótimo número e empurrou bastante, ofuscando a parte candanga das arquibancadas em alguns momentos. Mas a festa foi mesmo dos donos da casa. Dentro de quadra, os tricampeões do NBB fizeram partida bastante consistente. Em tarde discreta do capitão Guilherme Giovannoni, foi o trio Deryk Ramos, Lucas Mariano e Fúlvio que assumiu a responsabilidade e comandou a vitória do Brasília.

Na próxima rodada, o Brasília vai até Salvador enfrentar o Vitória, no feriado de terça-feira, às 17h, com transmissão ao vivo do SporTV. Já o Vasco faz sua estreia em casa no quinta, quando recebe o Campo Mourão, às 19h30 (horários de Brasília), em São Januário.

O jogo

A partida começou quente no ginásio da Asceb. O Brasília abusando dos contra-ataques e dos chutes certeiros de média e longa distância de Fúlvio e Deryk, enquanto o Vasco respondia com as infiltrações de Nezinho e a técnica apurada de Murilo no garrafão. O placar seguiu equilibrado até pouco mais da metade da parcial (15 a 15), quando o Brasília passou a dominar os rebotes com Lucas Mariano (15 a 6 no período) e colocou boa sequência para fechar na frente: 27 a 16.

Com a defesa forte e a mão calibrada de Deryk Ramos, o Brasília silenciou a torcida vascaína e levantou a galera candanga no início do segundo quarto, quando dominou o time visitante e abriu 15 de frente rapidamente (35/20). O técnico Bruno Savignani resolveu dar um descanso para Lucas Mariano, único pivô de ofício disponível para o jogo. Era o que o Vasco precisava para se impor no garrafão e começar a cortar a diferença. Mas bastou o gigante voltar para o time candango retomar o comando e ir para o intervalo vencendo por 46 a 31.

O ataque do Brasília levou alguns minutos para esquentar na volta dos vestiários. Mas a forte defesa tratou de segurar o ímpeto vascaíno. Quando o contra-ataque candango voltou a funcionar e as bolas de longe a cair, os donos da casa deslancharam (58/36). Nezinho e Murilo ainda tentaram manter a equipe cruz-maltina no jogo, mas estava difícil segurar o Brasília. Deryk e Fúlvio continuaram impecável o time do DF fechou a parcial vencendo por 69 a 43.

O panorama da partida seguiu o mesmo no último período. Drudi ainda conseguiu levantar a torcida do Vasco mais uma vez com linda enterrada no início da parcial. Mas foi só. O Brasília continuou com domínio da partida, controlou o relógio e garantiu a vitória com autoridade por 95 a 72. Ao fim, a torcida vascaína reconheceu o esforço do time e cantou alto o hino cruz-maltino.

Fonte: GloboEsporte.com

Anúncios
Categorias:Basquete Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: