Inicial > Basquete > BASQUETE: De virada, Vasco bate Basquete Cearense e conquista o Super Four de forma antecipada: 76 a 68

BASQUETE: De virada, Vasco bate Basquete Cearense e conquista o Super Four de forma antecipada: 76 a 68


O Vasco da Gama superou a pressão da torcida cearense e o bom basquete apresentado pelo Basquete Cearense e arrancou uma vitória de virada nos últimos minutos de jogo. Aproveitando duas falhas de ataque do time de Bial, os cruz-maltinos venceram por 76 a 68 estão a um passo do título do torneio de basquete, o Super Four Rio-Nordeste.

O Basquete Cearense tentará vitória sobre o Flamengo para ficar, pelo menos, em segundo lugar. Para ser o campeão, precisa antes torcer para o Vitória derrotar o Vasco, o que seria uma zebra, e depois vencer, observando o saldo de pontos.

Basquete Cearense, Vasco, torneio  (Foto: Stephan Eilert ) 

 

Os 10 primeiros minutos de jogo entre Basquete Cearense e Vasco da Gama foram bem intensos. Os dois times alternaram bem as cestas e fizeram de muita emoção para a torcida, que viu um Tiagão forte nos rebotes debaixo do garrafão e um Fiorotto aguerrido nas cestas de dois pontos. Com uma disputa tão intensa, o placar não poderia ser diferente: um 16 a 15 que refletiu como não se perdia lance fácil em quadra.

O segundo quarto então foi mais intenso ainda. Das arquibancadas, torcidas de Vasco e Basquete Cearense disputavam no grito quem vibrava mais pelo seu time. Dentro de quadra, os donos da casa acertaram mais o campasso da partida e mantiveram seis pontos de vantagem durante boa parte do tempo. Mesmo assim, os cruz-maltinos mantinham uma defesa forte e uma retomada de bola que fazia com que o adversário não conseguisse relaxar em momento algum. No final, 39 a 33. E no quarto 23 a 18.

Virada vascaína 

Na volta do intervalo, o jogo continuou pegado. Cada bola era disputada até o último momento. A arma do Vasco para parar o time de Alberto Bial era marcar a saída de bola e tentar toma-la nos primeiros lançamentos. Mas Davi Rossetto conseguia se desvencilhar bem e armar os pivôs. Até que a situação foi se invertendo gradativamente e o Vasco empatou com quatro minutos de terceiro quarto. Mas logo o Basquete Cearense abriu seis pontos de novo e a disputa se acirrou de vez. Com cada bola disputada ao extremo, o placar registrou 57 a 54 para os cearenses. No quarto, 21 a 18 pró-cariocas.

No último quarto, as defesas trabalharam bem, mas fizeram muitas também. E o jogo se constituiu em o Vasco buscar o placar e o Basquete Cearense se distanciar. Mas, em duas cochiladas, o time cruz-maltino conseguiu abrir seis pontos a pouco menos de quatro minutos para o final. Cabia a Alberto Bial mudar o esquema da equipe para reverter o placar. Mas os cruz-maltinos conseguiram segurar bem a pressão e vencer por 76 a 68. E no quarto, 22 a 12 pró-cariocas.

Fonte: Globoesporte.com

Categorias:Basquete Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: