Arquivo

Archive for 27/10/2012

Após demolição, novo São Januário será inspirado em estádio do Chelsea


Atualmente, os estádios dos grandes clubes da Premier League inglesa representam uma realidade bem diferente da dos campos onde atuam os maiores do Brasil. No entanto, em alguns anos a torcida do Vasco terá motivo para se orgulhar de possuir uma casa similar à do atual campeão europeu. Programada para iniciar no segundo semestre de 2013, a demolição de São Januário vai transformar o estádio por completo. E quando estiver pronto para sediar os jogos de rúgbi das Olimpíadas de 2016, o Caldeirão será semelhante ao Stamford Bridge, estádio do Chelsea. Pelo menos é o que garante a diretoria do clube.

O projeto feito pela empresa portuguesa LusoArenas está finalizado e aprovado pela diretoria do Vasco. Mas além da arena, que terá todos os assentos cobertos, o projeto também contemplará a construção de um shopping ou um hotel anexo a São Januário. Como se vê, a casa vascaína, construída em 1927, terá uma cara completamente diferente da atual. Somente a fachada será preservada. A reconstrução total é inicialmente avaliada em R$ 500 milhões, e na próxima quarta-feira se encerra o prazo para que o clube entregue ao Comitê Organizador dos Jogos o estudo de viabilidade do projeto, produzido pela construtora OAS.
Leia mais…

Categorias:Notícias Tags:

Vasco perde para o Corinthians no Pacaembu:1×0


Um dia antes do segundo turno das eleições municipais em todo país, o Corinthians recebeu o Vasco no Pacaembu e venceu por 1 a 0, em jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, chegou aos 47 pontos, mas se manteve na oitava colocação. Já o Vasco, com 50 pontos, foi ultrapassado pelo Inter e caiu para sexto. Foi a quinta derrota seguida. Curiosamente, o Timão ajudou o rival São Paulo, que ganhou folga na disputa por uma vaga na Libertadores.

AS PROPOSTAS DO HORÁRIO ELEITORAL

Mesmo em horário terrível – 16h20 no horário de verão -, tão ruim quanto o eleitoral que é transmitido nas rádios e televisões, as promessas eram as melhores possíveis. No clube carioca, que vinha de quatro derrotas sequidas, o projeto de Marcelo Oliveira era retomar o rumo das vitórias e encostar no São Paulo na busca pelo G4. No Timão, que contou com a volta de seis titulares (Alessandro, Chicão, Paulo André, Fábio Santos, Ralf e Paulinho), Tite planejava encerrar as oscilações e, a seis jogos do Mundial, aproximar o time daquele campeão da Copa Libertadores, em julho.

Leia mais…

Categorias:Brasileirão Tags:
%d blogueiros gostam disto: